Instalando CentOS num desktop

De Cartola

Narro aqui os passos e a experiência de instalação de um CentOS num desktop.

Tabela de conteúdo

Instalação inicial

  • Tentativas frustradas instalando via rede com pequeno disco de boot. A documentação oficial indica como criar o mirror a partir dos 6 CDs para a instalação via HTTP, mas definitivamente não funciona. Penso que tem que se criar um mirror da distribuição, sem as pastas de cada CD, mas desisti dessa opção após algumas tentativas
  • A versão 5.3, que usei, está talvez com algum problema, pois não reconhece de maneira nenhuma o segundo CD. Fiz diversas tentativas, tentando inclusive reduzir drasticamente o número de coisas a instalar, mas ele sempre precisava do segundo CD. Falta aí uma maneira prática de fazer uma instalação mínima, sem praticamente nada, como há no FreeBSD por exemplo.
  • Minha dificuldade estava em ter um gravador de DVD na empresa, por isso essa não foi minha primeira opção de cara. Após todos os percalços finalmente gravei um DVD em casa e levei ao trabalho, conseguindo sem problemas executar a instalação de um "Desktop GNOME", de onde escrevo agora.


Instalações de Aplicativos Pós-instalação

  • De cara, no primeiro boot, o sistema faz um setup, onde usei praticamente todas as opções padrão, exceto no firewall, onde deixei o ssh e a porta 22000, pra onde pretendo passar o ssh e fechar a 22.

Flash - OK

  • Inicio logo com o Firefox, que não consegue ler o email Notes via web. Além disso noto a não instalação padrão do flash.
  • Baixei manualmente o flash rpm de www.adobe.com e com "rpm -i" a instalação foi sem problemas
  • Tentando usar o yum para instalações, todas as tentativas falharam. O problema é que estou numa rede interna onde tenho que autenticar num Websense para sair para a internet. Tentei setar várias variáveis ambiente e mexi no /etc/yum.conf, não antentica de jeito nenhum.

Notes: Web - OK / Cliente - X

  • Baixei e instalei um cliente Notes do site da própria IBM. O pacote é um tgz. Descompacta ok, instala ok, mas ao executar falha:
    • Para executar temos que descobrir que a instalação foi para o /opt
    • Ao executar o /opt/ibm/lotus/notes/lnotes primeiro reclama de uma lib que está no mesmo diretório
    • Definindo LD_LIBRARY _PATH = /opt/ibm/lotus/notes/ o programa roda, mas volta à linha de comando sem qualquer mensagem de erro
    • Descobri um arquivo de log em ~/lotus/notes/data/fault_recovery.log onde há a mensagem
      "5/15/2009 10:36:51 UTC [13] ERROR: Message queue failure: DESTROY"
      repetidas vezes. Não encontrei nada na Internet.
    • Desativei o SElinux com "/usr/sbin/setenforce 0", reinstalei e nada ainda.
  • IEs 4 Linux
    • Como alternativa para acessar o Notes via web, pois não funcionou no Firefox
    • http://www.tatanka.com.br/ies4linux/page/Main_Page
    • Download e descompactação ok, mas tive que ralar um pouco pra instalar
    • Como não consigo usar o proxy autenticado diretamente (a ferramenta usa wget parece) tive que configurar um outro proxy
    • A partir das mensagens de erro no outro proxy peguei os links e baixei manualmente cada pacote
    • Em seguida coloquei os downloads em ~/.ies4linux/downloads mas há uma estrutura ali embaixo
    • Rodei a instalação sem GUI com "./ies4linux --no-gui" e com as mensagens de erro fui acertando o local de cada pacote nos downloads
    • Instalado funcionou ok. Consegui acessar e usar normalmente o Notes via web na rede interna

Citrix - OK

  • Com o Citrix é possível acessar o SAP, mas também posso talvez usar para Notes
  • Download ok - do próprio site da Citrix
  • Instalação ok via rpm
  • O Firefox já associou os arquivos .ica ao aplicativo instalado. Usei o SAP sem problemas.

Montar recursos da rede - OK

  • Referência: usei essa no site vivaolinux
  • Na medida do possível usei pacotes do próprio CentOS ao invés de compilar, como o artigo sugere
  • As configurações também foram basicamente as mesmas, trocando as peculiaridades de meu domínio, claro
  • Na configuração do samba comentei a linha do servidor wins, pois não conheço o mesmo em minha rede
  • Como não possuo senha de administrador de domínio, não autentiquei no mesmo
  • Para mapear um recurso de rede autenticando no AD o comando ficou um pouco diferente, pois eu não estava autenticado e a compilação foi mais nova:
 > mount -t cifs -o user=XXXX //servidor/recurso /mnt/mountpoint
  • Foi solicitada a senha e o recurso foi montado sem problemas com as devidas permissões de acesso adequadas

Impressão - OK

Cups já estava instalado e o samba já havia sido configurado para montar recursos da rede autenticando no AD. Com isso feito foi simples configurar a impressora no CUPS como de costume, apenas um detalhe na uri da impressora, que deve conter a conta e senha para acesso: smb://usuario:senha@servidor/impressora

Montar a partição NTFS - OK

  • Pelo visto o kernel 2.6.9.18-128 não está ok com ntfs, ou seja, não dá pra montar a partição windows. Tentar usar ntfsprogs sem montar. OK, mas é ruim para várias maneiras de usar, como procurar um arquivo, por exemplo. Instalado via rpm encontrado na internet.

Outra possibilidade foi compilar a partir dos fontes o ntfs-3g e o FUSE. Tive que customizar um pouco as coisas:

./configure --exec-prefix=/
./configure --with-fuse=external
  • Depois é só montar. Usei a opção "-o ro" apenas por que no momento o ntfs estava "hibernado" e não deixou montar rw.
mkdir -p /windows/c
mount -t ntfs-3g -o ro /dev/sda1 /windows/c

BrOffice - OK

  • A distribuição já instalava uma versão, mas não era PT-BR e era antiga.
  • Baixado e instalado ok versão mais nova (3.1).
  • A instalação do pacote oficial do BrOffice ficou no /opt/broffice.org3/program/soffice

Freemind - OK

  • A instalação padrão já colocou o jre no sistema.
  • Baixei a instalação genérica do mais recente (rc mesmo) e coloquei no meu ~/bin
  • Criei lançador no desktop

Java - OK

  • A instalação padrão já colocou o jre no sistema, mas no firefox não estava ok. Verifiquei onde estava e coloquei:
rpm -q -l jre | grep plugin
cd ~/.mozilla/plugins
ln -s /usr/java/jre1.6.0_13/plugin/i386/ns7/libjavaplugin_oji.so
  • Em seguida é necessário reiniciar o firefox

Acentos / teclado - OK

  • Eu já tinha alguns arquivos Xmodmap.abnt e us, dentre outros.
  • Primeiro fiz na mão um "xmodmap Xmodmap.abnt" mas depois, num login subsequente, o próprio Gnome perguntou se queria carregar um dos mapas de teclado que estavam no meu diretório. Escolhi e ficou ok permanentemente.

Dicionário - OK

  • Para compensar a necessidade de uso do Babylon que existia no windows achei o Babytrans
  • Download do fonte e compilação com um problema:
 main.cc:857: error: 'assert' was not declared in this scope
 make[2]: ** [main.o] Erro 1
  • Resolvido editando o main.cc e incluíndo a linha 28 "# include <assert.h>", ficando o trecho assim:
 #ifdef HAVE_CONFIG_H
 # include <assert.h>
 # include <config.h>
 #else
 # error "corrupted configuration"
 #endif
  • Depois de instalado tem que acertar dicionários
 # wget ftp://ftp.ac-grenoble.fr/ge/languages/babylon_dict/english.dic.gz
 # wget ftp://ftp.ac-grenoble.fr/ge/languages/babylon_dict/EngtoPor.dic.gz
 # wget ftp://ftp.ac-grenoble.fr/ge/languages/babylon_dict/dictionary
  • Pode baixar os demais dicionários neste mesmo diretório
 # gunzip english.dic.gz
 # gunzip EngtoPor.dic.gz
 # mkdir /usr/local/share/babytrans
 # cp dictionary /usr/local/share/babytrans
 # mkdir /usr/local/lib/babytrans
 # cp *.dic /usr/local/lib/babytrans
  • A configuração fica no arquivo "~/.babytrans/config", criado após primeira execução
  • Pode ficar minimizado e traduz qualquer palavra selecionada com o mouse no Xwindows
Ferramentas pessoais
Anúncio